Monthly Archives: juni 2015

Pré e pós viagem – Cuidados com os cabelos – Para viajantes

Minha linda cliente é dessas pessoas que viajam muito, tanto passeando quanto trabalhando, então ela tem bastante cuidado com os produtos de beleza que escolhe para o dia a dia e viagens. Numa das suas últimas visitas por aqui, aproveitamos o papo (durante um momento escova!) para dá um conselho para quem faz viagens constantemente.

Antes de ir

Antes de viagens, aconselho fazer uma hidratação para garantir que mesmo depois de algumas horas amassados no avião, ônibus, carro, barco, trem e etc, os cabelos continuem com brilho e maleáveis – o que garante um pentear mais facilitado. Dica útil para quem apenas quer chegar bem ou tem que ir direto para uma reunião ou evento, por exemplo. Outro benefício de sempre agendar uma hidratação pré-viagem é que você já o deixa preparado para suportar melhor situações extremas como: muito frio, muito sol, sal do mar e cloro da piscina, por exemplo. Mas, é claro que só a hidratação antes não faz milagre. Não esqueça de produtos sem enxágue que protegem o fio e da manutenção.

Na mala

Existem muitos tipos de produtos bons para levar em viagem, com múltiplas funções, muitos mesmo. Por aqui temos algumas indicações em posts – Necessaire de viagem – Miniaturas. No caso de nossa linda usei a linha Blonde Gloss, no pré viagem. Um dos hits é o leave in, que é ótimo companheiro para vários climas.
É esperto da sua parte, escolher seus produtos para a mala de viagem de acordo com suas necessidades e com o destino – seu cabeleireiro (a) pode te ajudar!

Na volta

Dependendo das aventuras e do destino, como praias e lugares com clima extremo (muito quente ou muito frio), na volta você pode também apostar em algum ritual de tratamento, para seu cabelo “nem perceber” que sofreu algum dano. Tenho clientes que assim que marcam a viagem, já deixam agendados as hidratações pré e pós viagem.

Na foto: O cabelo da gata depois das luzes finalizado com uma escova lisa. Beijos da Ale

DSC_0837 (2)

Para as que gostaram do resultado, basta procurar o serviço do Alessandra’s Beautysalon: 06-13033963

5 dicas para manter o cabelo comprido mais bonito e saudável

Mais importante do que ter um cabelo bonito é ter os fios saudáveis. E o motivo é bem simples, cabelos saudáveis são mais fáceis de lidar no dia a dia, ficam menos rebeldes, necessitam de menos produtos para finalização, e no fim te economizam tempo. Vamos falar sobre cabelos super longos, esses que as adolescentes tem voltado a amar e que, na verdade, são os favoritos das mulheres de todas as idades, no mundo todo. #LongHairICare

1 – Cortar – Cortar regularmente, não temer a tesoura. O ideal para o cabelo comprido é manter intervalos de, no máximo, dois meses para manter o corte, o movimento e tirar pontas afinadas ou quebradiças.

2 – Hidratar – Fazer hidratações com frequência. Cabelo longo exige mais atenção e cuidados. Até a oleosidade da raiz chegar até a ponta (que o processo natural de hidratação do fio) demora. Então a hidratação, entra aí, para cuidar dessas pontas. Isso vale tanto para cabelos com colorações, química até os naturais.

2201eb3b00c8a759a823349459715c21

Sobre os tipos de tratamento, é preciso sempre adequar aos tipos de cabelo. Cada cabelo tem uma necessidade e cabe ao profissional ajudar a diagnosticar o que pode ser melhorado no fio.

3 – Secar – Não lavar o cabelo a noite. O cabelo longo demora mais para secar, então é interessante sempre secá-lo com o secador por completo ou evitar esse horário para lavar os fios. Não é bom para o cabelo dormir com molhado, ou mesmo com a raiz úmida, isso enfraquece a raiz, causa problemas na pele, ou seja, no couro cabeludo e é uma das causas de queda capilar. Evitar prender antes da secagem completa também é importante.

4 – Proteger – Proteção térmica
Sempre que for secar os fios com secador quente, ou finalizar com chapinha ou modelador de cachos, o fio deve estar preparado para receber o calor e não perder água. Isso evita o ressecamento do comprimento e pontas. Então, é preciso ter um protetor térmico e incorporar seu uso ao dia a dia.

5 – Usar – Não deixar os fios sempre presos – cabelos que ficam constantemente presos demoram mais para secar como dito acima, mas também adquirem marcas. E com o excesso e repetição do ato de prender os fios, acabam com pontos com muita quebra no comprimento do cabelo. Busque cuidar bem do seu fio e ter um corte que o valorize para que você não tenha a “mania de prender o cabelo”, aproveitando e gostando de estar com ele solto. Beijos da Ale

34f9063c68037721388e5b72981f667e

Primeiríssimos fios brancos

Encontrar o primeiro fio branco de cabelo pode ser algo que você ignore ou que ache assustador, mas certamente perceberá logo que eles vão continuar surgindo. Muitos fatores interferem na idade que aparecem e mesmo na velocidade que “se espalham”. Vamos as dicas para vocês saberem quais são as opções para cobrir os primeiros fios brancos, aqueles pioneiros, raros, é verdade, mas que saltam aos nossos olhos.

Para pensar em como cobrir os primeiros brancos tudo vai depender da quantidade de fios a pessoa tem. No geral, os branquinhos surgem bem aos poucos, então essas dicas são para aquela fase inicial – e lembramos que esse status de “poucos fios brancos” pode durar anos, dependendo da sua predisposição genética e nível de stress no cotidiano.

1 – Status – Primeiríssimos fios brancos
No comecinho, quando ainda são poucos e raros fios, no nível “quase podemos contá-los”, uma opção é a técnica que chamamos de fio a fio.
Como o nome deixa claro, pegamos só os fios em processo de despigmentação e aplicamos então um tonalizante, isso faz com que a raiz não fique marcada e a pessoa não precise ficar retocando todo o cabelo. Esse processo é ideal para quem quer manter a cor natural dos fios por mais um tempo.

A henna pode ser também usada nesse momento, no caso de alérgicos, mas o efeito dela e suas nuances mais quentes que iluminam se revelam melhor quando temos um pouco mais de fios brancos – como no próximo nível.

9d6e9f4fe18dbff035ab8a810d13bfa3 (2)

2 – Status – Tenho fios brancos

Com um pouco mais de fios branquinhos, é hora de fazer uma cobertura mais homogênea para deixar a raiz sempre em dia. Esse nível é aquele “já não posso contar quantos fios brancos tenho”.
Continua sendo uma boa opção o tonalizante, e a henna nessa fase é bem popular (principalmente para quem não pensa em descolorir os fios em um futuro próximo e muito procurada por pessoas com alergias).

Também é possível trabalhar nessa fase com as colorações, seja pra mudar de cor mesmo, aproveitar o momento, ou como uma saída para os fios que são mais resistentes à pigmentação artificial. O cabelo muda nesse processo de branqueamento, ele perde a pigmentação natural e muitas vezes se torna extremamente grosso. Nesse tipo de fio mais resistente ao tonalizante – “a cor não fica” , muitas vezes, o melhor é partir para a coloração permanente. E aí entra em cena seu cabeleireiro (a) colorista (a)!

Solução Express
Claro que existem truques e hoje em dia eles são oficiais e comercializados. A indústria cosmética vêm lançando novas opções para uma espécie de “maquiagem” de fios. São produtos que cobrem os brancos em forma de caneta, com pincel no estilo máscara para cílios, em embalagem igual a um batom e em spray. Vale procurar em perfumarias e lojas especializadas em produtos de beleza e ter em casa, para resolver rapidinho o “problema” daquele fio que resolveu aparecer bem no dia de um jantar, por exemplo.
São produtos temporários, que saem na primeira lavagem e cobrem fios do tipo solitários. As opções em spray estão evoluindo para cobrirem cabelos com uma maior quantidade de fios brancos, mas ainda são poucas opções e ainda não há milagre. Uma dica é testar antes de usar de fato, tente experimentar na loja antes de levar o produto e veja como ele fica em algumas horas, se não vai sair, ou transferir para sua mão quando eventualmente mexer no seu cabelo. Beijos da Ale

7c7df86f50b59f3e47734cd37179bc45

Vamos falar de… Loiro Platinado

A cada temporada surgem novas técnicas e efeitos para criar loiros diferentes, mas alguns se perpetuam e acabam transcendendo estações e tendências da temporada. Um destes tipos de loiro é o platinado, claríssimo e quase branco, clássico e o loiro mais procurado pelas mulheres desde que as atrizes da era de ouro de Hollywood (próximo a década de 1930) começaram a descolorir os fios.  E vamos contar mais sobre o dia a dia de quem investe nessas tonalidades platinadas.

Vou exemplificar o efeito deixando o cabelo de nossa linda cliente mais claro, e no decorrer do processo, vou contando mais sobre os cuidados e possibilidades.

Antes:

DSC_1637 (2)

Sobre o loiro platinado

O platinado é mais facilmente alcançado em cabelos com a base loiro natural, de preferência acinzentado, pois mesmo que loiro escuro, o cabelo loiro tende a descolorir para o branco, enquanto o castanho convencionalmente descolore para o dourado ou laranja. Essa é uma regra geral, porque vale sempre relembrar a máxima – cada cabelo revela uma cor e nuance própria.

Nos casos dos cabelos mais escuros, normalmente é necessário descolorir e depois colorir ou tonalizar o cabelo, mas mesmo assim nem sempre é possível alcançar a tonalidade “platinada”, pois o processo pode danificar muito o fio ou até mesmo fazê-lo quebrar ou tornar-se elástico. Por isso, todo processo químico e de cor deve ser feito sempre com um profissional bem avaliado e experiente que saiba constatar a saúde do fio antes de mais nada. E se o seu cabeleireiro teme que um clareamento possa danificar seu fio, ouça o conselho e investigue outras possibilidades ou tratamentos para que o processo possa ser feito posteriormente sem danos.

Já nos cabelos claros e saudáveis, após ser feito o processo de descoloração, tudo o que é necessário fazer são hidratações, nutrições e em alguns casos, reconstruções constantes, pois o cabelo pode ficar mais opaco e poroso. O nível de manutenção de cabelos extremamente claros é alto e todas as dicas de cuidados são fundamentais para que além de platinados eles tenham brilho e maciez.

Depois:

DSC_1647 (2)

Cuidando das mechas – Cada cabelo um tratamento

A linha Blondie Gloss é uma das mais indicadas por aqui para as loiras platinadas, pois ela é para hidratação e nutrição do fio. O tratamento com a máscara é potencializado pelo calor, então antes da aplicação ela é aquecida em banho-maria, e depois de pausa e enxágue, os cabelos são escovados com secador aquecendo novamente. O que é ideal também para quem gosta de usar o secador, a chapinha ou modelador de cachos com frequência. Existem várias linhas para o tratamento imediato pós química e para a manutenção regular. E pelo menos, uma vez a cada mês, o ideal é investir em um ritual profissional de salão.

O Blondie Gloss foi o ritual escolhido para os cabelos de nossa cliente após o término do processo de clareamento dos cabelos. Mas deixo claro, que é sempre importante consultar o seu cabeleireiro para saber qual é o tipo especifico de tratamento que você deve usar, para escolher máscaras e produtos sem enxágue ou mesmo os básicos shampoo e condicionador.

Tirando o amarelo

Outro item, que fará parte de seu dia a dia após se tornar platinada, é o shampoo desamarelador ou neutralizador, que é um auxiliar para que os cabelos continuem claríssimos e com a nuance em tonalidade fria. Ele pode ser encontrado em diversas marcas, portanto novamente é necessário uma indicação do profissional para que você saiba qual o tipo certo de shampoo para seu cabelo. Lembrando que existem opções para “desamarelar” – os shampoos com pigmentos roxos e para “desalaranjar”, com pigmento azul.

Manutenção da cor e corte

No geral, as adeptas do platinado os mantêm descoloridos desde a raiz, e por isso, é preciso que os retoques sejam mais constantes. Tudo vai depender do ritmo de crescimento capilar de cada pessoa, da tonalidade da raiz (quanto mais escuro, menos tempo entre os retoques) e do efeito e técnica que o loiro é realizado. Para as monocromáticas ou com luzes bem próximas da raiz, no geral, o retoque não pode passar dos 25 dias.

Por fim, é claro, ressalto que por mais hidratado e bem cuidado que esteja o cabelo, é importante cortar pelo menos as pontinhas com o intervalo máximo de três meses. Além de ajudar a manter as madeixas com aparência saudável (pois retira toda a parte desgastada e fina do cabelo), o corte também pode ser um auxiliar na hora de conseguir mais volume ou de retirá-lo, dar mais movimento, ou até enaltecer alguns pontos do rosto. Então não tenha medo da tesoura, ela é uma aliada.

Tem dúvidas sobre tons claríssimos e cuidados? Escreva para nós! Beijos da Ale

DSC_1645 (3)

DSC_1645 (2)Para as que gostaram do resultado, basta procurar o serviço do Alessandra’s Beautysalon: 06-13033963

Duas Bases Incríveis

Existe um dilema entre as mulheres na hora de idealizar uma makeup – que base escolher? Hoje, as possibilidades de acabamentos dependem não apenas das tendências ou da estação do ano, mas muito mais do gosto pessoal, do tipo de pele ou do mood do dia.

Compreendo muito bem essa questão e dou dicas de bases que são novidade no mercado. Ideais para obter efeitos diversos, prezando acima de tudo pela naturalidade e a praticidade.

d0e6a46463f24d40c17fb5374106f079

– A bareSkin da bareMinerals… É uma base de textura leve, ultrafina, mas você pode dosar na aplicação, fazer a construção da pele. É possível, por exemplo, aplicar duas gotas para uma cobertura mais fina e brilhante. Quatro gotas para uma cobertura média e seis gotas para uma cobertura total, para uma pele de porcelana. Ela deixa a pele com um brilho natural.

Tem fragrância neutra e uma gama de cores bem ampla.

762ab4a0ddf5a7ac517be34c51861bbf

– A Le Teint Encre de Peau da Yves Saint Laurent chegou ano passado no mercado com uma grande novidade, a inspiração tecnológica para o efeito de fixação duradoura sem ressecamento surgiu de experimentos e avanços da agência espacial norte-americana NASA.

b46a556d420b9c936b6c31cd30ff3290

A textura é fina, mas a cobertura é total. Eu gostei de usá-la em peles maduras e com rugas, pois uma das vantagens é que ela dispensa o uso de pó. Ela dura 24 horas e a tecnologia avançada dela é incrível, pois permite a transpiração natural, sem modificar a cor da base ou a textura. Já usei ela também sozinha, tipo – sem primer e sem corretivo, apliquei somente uns pontinhos a mais dela no lugar do corretivo e consegui uma pele uniforme usando apenas um produto.

A marca oferece uma gama de 12 tons de pele. Na Europa e Estados Unidos é possível encontrar nas lojas da marca e nos corners da YSL Beauté das grandes lojas de cosméticos. Beijos da Ale

ec7a0f21b06d9e51e0d5ef605e697d3e