CABELOS SUPERPROCESSADOS – COMO TRATÁ-LOS

Para deixar os fios do jeito que sempre sonharam, muitas mulheres apostam em processos químicos e mecânicos como escovas, colorações e o uso frequente de ferramentas de calor. Realizar mais de um desses procedimentos constantemente pode tornar seu cabelo superprocessado. Graças aos danos recorrentes que sofreu, a fibra capilar apresenta o córtex exposto e perda de elasticidade em diversos graus, vamos falar sobre o que são madeixas superprocessadas e como cuidar desse problema. Confira!

Cabelo fraco e poroso: conheça as características de fios superprocessados

Devido à exposição aos processos químicos e mecânicos, a fibra capilar perde nutrientes essenciais para sua saúde, o que torna as madeixas superprocessadas. O fio se torna fraco, sem elasticidade, poroso e arrebentando ao ser penteado. O excesso de escovações e uso de ferramentes modeladoras, como piastra e babyliss, juntamente com processos químicos realizados no salão são os responsáveis pela deterioração da fibra.

Pontas ásperas e duplicadas: saiba como processos químicos e mecânicos afetam a região

As pontas acabam sendo as grandes prejudicadas pelos processos químicos. Essa região é que a recebe maior sobreposição química e quantidade de calor em escovações ou no uso de ferramentas como chapinha e babyliss, por isso, se tornam frágeis, porosas, sem brilho, ásperas e duplas.

Dicas para tratar os fios superprocessados

Cabelos nesse estado necessitam de produtos específicos para voltarem a ser saudáveis. Indico primeiro máscaras reconstrutoras que promovem a recuperação da fibra capilar, devolvendo a resistência, o brilho e maleabilidade ao fio. Para as pontas, aposte em um bom sérum, que além de selar ainda protege a região do calor até 230ºC. Aposte! Beijos da Ale 

Leave a Reply

Het e-mailadres wordt niet gepubliceerd. Vereiste velden zijn gemarkeerd met *