Tag Archives: cuidados

PLATINADAS – COMO MANTER A COR VIVA

Quem vê as famosas que platinaram os cabelos e radicalizaram seus visuais, como Kim Kardashian, Miley Cyrus e Isabelle Drummond, muitas vezes, não imagina que para manter as madeixas lindas há uma série de cuidados a serem seguidos. Por isso, se você quer ter os cabelos loiros à lá Marilyn Monroe, veja as atitudes que vão te ajudar com a manutenção dos fios descoloridos! Olha só!

Prepare os cabelos para o processo químico

A química presente nos produtos de descoloração ou coloração agridem a fibra, fazendo com que os fios fiquem sensíveis. Por isso, é de extrema importância que a saúde das madeixas esteja em dia antes de realizar os procedimentos. Os cuidados antes e depois farão com que a cor fique incrível e evitarão danos profundos à estrutura capilar.

A hidratação tem que ser uma rotina!

Para que as madeixas não fiquem com aspecto opaco e ressecado, a hidratação tem que ser a palavra-chave de sua rotina de cuidados. Invista em linhas de tratamento específicas para preservar a cor, como shampoos violetas e nutrição com óleo capilar antes das máscaras é indispensável, e reconstrução e hidratação. Outra dica é não lavá-los todos os dias para que o platinado fique vivo por mais tempo.

Usar tonalizante deve ser indispensável

O tonalizante serve como matizador, que intensifica o platinado e dá brilho. O produto corrige as imperfeições e neutraliza o cabelo por inteiro, garantindo que não seja necessário outra interferência química para manter a cor em dia. Um tonalizante, cumprem bem esse papel, e, por não terem amônia, garantem que o brilho seja devolvido aos fios sem danificá-los.

Platinar os cabelos requer cuidados que muitas vezes não imaginamos. Por isso, tente manter um ritual de beleza para preservar a saúde dos fios! Beijos da Ale 

COURO CABELUDO SEMPRE SAUDÁVEL – GUIA DE CUIDADOS

Quem se preocupa com a aparência dos cabelos busca sempre tratamentos e dicas de cuidados para mantê-los em dia. Entretanto, a maioria das mulheres se esquece da saúde do couro cabeludo, que também é muito importante e reflete em como suas madeixas vão ficar. Por isso preparei um guia para te ajudar a manter a região sempre saudável e bem cuidada. Confira!

Como o couro cabeludo está relacionado à saúde dos cabelos?

O couro cabeludo é a região que sustenta os folículos capilares, e é a responsável por controlar a oleosidade natural que as madeixas precisam. O sebo produzido naturalmente evita que os fios fiquem ressecados, mas se o óleo natural for em grande quantidade, é sinal de que o couro cabeludo não está saudável. A falta de produção da substância também indica problemas.

Procedimentos químicos podem afetar a saúde do couro cabeludo

As causas de sensibilidade da região são as mais variadas. Entretanto, os processos químicos são os que mais trazem prejuízo quando se trata do couro cabeludo. Alisamentos, colorações e descolorações deixam a raiz sensibilizada e podem trazer problemas como caspa e queda de fios, expondo a área e a deixando suscetível a novos danos.

Fatores externos também contribuem para prejudicar o couro cabeludo

A região é diretamente afetada pelos fatores externos e a espessura do couro cabeludo pode ficar sensível quando há excesso de exposição a certas agressões. Apesar de possuir uma pele fina, a sensibilidade da área varia de cada pessoa. Alguns fatores como poluição, exposição ao sol, excesso de produtos e estresse, por exemplo, influenciam diretamente na saúde do local.

Os produtos corretos farão toda a diferença nos cuidados como o couro cabeludo

Como a região possui particularidades muito específicas é preciso investir nos cosméticos corretos para os cuidados. Protetores solares são os primeiros itens que pensamos na hora da proteção. Depois deles, vêm os produtos que cuidam do couro cabeludo no dia a dia, recuperando-o contra os danos químicos. Formulados especialmente para raízes sensibilizadas, para madeixas naturalmente mistas, para cabelos secos. Beijos da Ale 

 

FIOS NO VERÃO – QUAIS OS CUIDADOS CERTOS

Está vai pra quem está no calor dos trópicos, porque aqui na Europa já começou aquele frio de arrepiar! Um país tropical como o Brasil tem clima úmido o ano inteiro. No entanto, no verão, esta característica se intensifica e os fios acabam sendo afetados. Além do frizz, que é o resultado visível, causando um bad hair day durante toda temporada, o cabelo também pode sofrer em termos de saúde nesta época do ano, como o ressecamento. Por isso, é importante manter os cuidados com as madeixas. Descubra dicas infalíveis para livrar-se deste problema.

Umidade: A grande vilã

Por conta da umidade, as cutículas estão sempre abrindo e fechando e, assim, as madeixas perdem nutrientes e matéria. Por isso é importante o uso de linhas nutritivas, que contenham proteção solar para bloquear os raios ultravioleta e auxiliar contra a água do mar e da piscina. Assim como escovar os dentes e passar filtro no rosto, proteger o cabelo deve se tornar um hábito. Devemos usar sempre produtos de qualidade, que reúne diversos benefícios, e eles devem ser encarados como um investimento. Vale a pena e o retorno é certo!

Nutrição capilar para tratar e prevenir o ressecamento

Na temporada mais quente do ano, é comum sentir os fios mais ressecados devido ao vento e ao contato com a água do mar e da piscina. Para estes casos, a melhor alternativa é a nutrição capilar. Os produtos que nutrem, além de hidratar, repondo água, ainda alimentam o cabelo. É como se matasse a fome e a sede do fio. Quando eles não estão ‘alimentados’, os cosméticos não aderem e o resultado pode sair já na primeira lavagem, antes faça uma bela nutrição, nos dias de exposição solar para quem deseja manter as madeixas controladas e sem frizz por mais tempo, mesmo com a umidade do ar em até 80%. Beijos da Ale 

de5bdd542587ec6e2ab9bf69837e4f72-2

CUIDADOS NECESSÁRIOS PARA CABELOS DANIFICADOS VOLTAREM A CRESCER

Após realizar alguns processos químicos, você percebeu o crescimento dos fios mais devagar? Isso nada tem a ver com o processo de desenvolvimento natural do cabelo e, sim, com os danos causados por esses procedimentos, que tornam a estrutura capilar quebradiça, fraca, e com o pH desequilibrado. Por que a fibra danificada demora mais a crescer, além de descobrir dicas preciosas para garantir mais força e saúde à região. Confira!

Entenda por que o cabelo danificado parece crescer menos

O crescimento dos fios está ligado a um fator de divisão e multiplicação das células presentes no bulbo capilar, onde esses se desenvolvem. Processos químicos não alteram esse ciclo e as madeixas podem continuar a evoluir normalmente caso não haja outros impedimentos, como a falta de vitaminas e estresse elevado, no entanto, há uma explicação para que cabelos danificados pareçam demorar mais a crescer. Com a realização de procedimentos como colorações, descolorações e alisamentos, o pH da fibra capilar se torna mais alcalino, o que a deixa mais suscetível à quebras e rompimentos.

Realizar tratamentos profissionais também faz toda a diferença nesse caso

O primeiro passo é tentar reverter o aspecto danificado dos fios para que esses se tornem saudáveis e fortes da raiz às pontas. Procure o seu cabeleireiro e peça uma avaliação capilar, de forma que seja possível identificar as reais necessidades da sua fibra e, assim, escolher os tratamentos mais adequados.

Entre as sugestões está o tratamento de Cauterização à Frio. Produtos que dê mais resistência aos fios e deve ser usado primeiramente.

Conheça os cuidados caseiros indicados para normalizar o crescimento das madeixas

Os cuidados caseiros também fazem toda a diferença para um cabelo saudável e com crescimento normal. Invista em produtos de manutenção que tenham o pH mais ácido e sejam específicos para o seu tipo de madeixa, o que vai ajudar a manter a integridade da fibra. Além disso, finalizadores adequados para a sua textura capilar, bons protetores térmicos e hidratações semanais são indispensáveis. Beijos da Ale 

347d7d22d69267d49b51e0d153570448

 

CABELOS ELÁSTICOS – CAUSAS E COMO RECUPERAR OS FIOS

O excesso de processos químicos, muitas vezes, atinge a fibra capilar e prejudica a estrutura das madeixas. A elasticidade, problema causado pela perda de proteína, tira a beleza dos cabelos, os deixando sem vida. Vou explicar detalhes sobre os fios elásticos e como tratá-los. Confira!

O que são fios elásticos?

O problema se dá quando os cabelos são levados além de seus limites de resistência, durante procedimentos químicos, como descoloração, alisamento e relaxamento. Todos os processos que modificam a estrutura dos fios, quando feitos em excesso, podem prejudicar a saúde capilar, e dependendo do nível da elasticidade, só a tesoura irá resolver.

Descubra as principais diferenças entre cabelos elásticos e ressecados

Diferenciar elasticidade de ressecamento é uma dúvida frequente de muitas mulheres. O primeiro problema caracteriza-se pela sensibilidade na estrutura capilar, pois os processos químicos que causam o problema atuam na parte interna do fio, enquanto o segundo ocorre nas camadas mais superficiais, conferindo opacidade e aspereza. Ambos não deixam de ser complicações, pois apresentam quebra e fragilidade capilar.

Conheça os cuidados que os fios elásticos necessitam

Utilizar produtos específicos para o problema, que são à base de queratina, auxiliam na reconstrução capilar, pois a elasticidade acontece devido a falta de proteína na fibra, causando perda de sua resistência. Hidratações periódicas, em casa e no salão, ajudam a revitalizar o fio, mas devem ser feitos com cuidado, equilibrando reconstrução com nutrição, para evitar o enrijecimento dos fios.

Saiba como evitar que a elasticidade dos cabelos volte

Para preservar a saúde capilar, aconselho aceitar os limites dos fios, não abusando de processos químicos. Lembre-se que o cabelo não pode ser só bonito quando sai do salão, também é preciso manter sua beleza durante a rotina. Apostar em produtos térmicos, e não utilizar o secador ou a chapinha em temperaturas muito quentes são dicas para manter a estrutura da fibra equilibrada no dia a dia. Beijos da Ale 

tendencia-inverno-2015-cabelo-castanho-com-mechas (2)